Logotipo do Dia da Música

Octavio Cardozzo

MPB, Pop, World Music

Belo Horizonte, MG

Aceita tocar no país

Integrantes

  • Camila Rocha - Baixo
  • Pc Guimarães - Guitarra
  • Gabriel Bruce - Bateria
  • Débora Costa - Percussão
  • Ygor Rajão - Metais

Onde já tocou

Em Belo Horizonte (A Autêntica, Teatro Bradesco, Cine Theatro Brasil, Virada Cultural de BH, Palácio das Artes, entre outros. Também se apresentou em outra cidades de Minas Gerais, como Itabira, Sete Lagoas, Uberlândia, Uberada, Montes Claros e Iguatama.
Lançou seu disco em São Paulo, na Casa Gramo, e lançará no RIo de Janeiro em junho, na Etnohaus.
No mês seguinte fará sua primeira turnê internacional, lançando o disco na Europa.

Site do artista

Biografia

Octavio Cardozzo é cantor e compositor mineiro. Se tornou conhecido nacionalmente em 2009 ao participar do programa-escola de formação de cantores "Ídolos", exibido pela TV Record. Em seguida se apresentou nas principais capitais brasileiras com o show "Qualquer canto", resultado de sua participação no programa, com repertório de releitura de clássicos populares da música brasileira com roupagem sofisticada. Nesse período foi indicado como revelação musical de 2010 pelo Portal Terra.

Em 2012 fundou o grupo "Alpercata" em Belo Horizonte, ao lado dos compositores Marcos Ruffato, Sofia Cupertino e Pedro Santos. Com o projeto lançou o seu primeiro disco, Vela aberta (Independente, 2016). Também fundou o bloco de carnaval de rua "Haja amor", além de integrar os blocos "Corte Devassa" e "Então brilha".

Entre 2012 e 2016 se apresentou com o seu trabalho solo nas principais casas de espetáculo da cidade, como Granfinos, Cine Theatro Brasil, Sesc Palladium, Teatro Santo Agostinho, A Casa de Cultura, entre outros. Além disso, foi atração do Palco Guaicurus da Virada Cultural de BH 2015, do Festival Âmago, Festival Artesania Sonora, entre outros.

Criou ainda o projeto "Das Montanhas", ao lado de Kdu dos Anjos, Gustavito, Thales Silva e Rafael Dutra, em que os compositores apresentavam seus repertórios inéditos entre solos e duetos, se apresentando em casas importantes de Belo Horizonte, como A Autêntica.

Em 2017 lançou o seu primeiro disco solo, Âmago (Casazul/Tratore, 2017), dirigido por Gabriel Bruce (Graveola, Zimun) e PC Guimarães (ganhador do Prêmio BDMG Instrumental 2017 ao lado do grupo Semreceita). O álbum contou com participações dos amigos Luiz Gabriel Lopes, Thales Silva, Marcelo Veronez e Alexandre Andrés, e foi apontado como um dos melhores discos do ano em diversos sites e listas de críticos musicais nacionais e internacionais, incluindo a lista “Os melhores da Música Brasileira”, do Portal Embrulhador.

Ver mais

Shows

Ainda não há shows confirmados ou em negociação

Ver mais

Playlist do artista

Desinício

Parada multicor

Anatomia

Não me jogue fora

Uma proposta

De praxe

Baleia

Silhueta

Bogotá/Ronco da cuíca

Nunca vi

Estação concreta

Fogo no rabo

Ver mais
×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ