Logotipo do Dia da Música

Centro-oeste terá 4 palcos apoiados e mais de 20 shows gratuitos

Brasília, Goiânia, Cuiabá e Campo Grande participam do Dia da Música 2017 com 4 palcos apoiados. No dia 24 de junho, 22 artistas se apresentarão nos quatro palcos espalhados pelos estados do Centro-Oeste.

O Distrito Federal vai abrigar pelo terceiro ano consecutivo o palco Música na Árvore no Dia da Música. A MPB pop do veterano Geraldo Carvalho abre os trabalhos no Pontão do Lago Sul. Na mesma toada, Mário Noya e Banda mostram suas canções para o público brasiliense. A sonoridade praieira aporta no planalto central com a surf music dos cariocas do Beach Combers, uma das bandas contempladas com o Prêmio de Incentivo à Circulação da Música RJ. O último show do dia começa às 19h, com a banda local Subinstante, power trio com pegada punk rock.

A capital do estado de Goiás terá um palco dedicado ao hip hop. Os produtores do palco do Espaço Sonhus promovem batalhas de MCs por toda a região metropolitana de Goiânia, de onde vêm todas as bandas que irão se apresentar, num ótimo exemplo de fomento à cena local. Se apresentam, a partir das 19h, o rapper Nobre San, PRVN, e os grupos Tese e Do Beco.

Os shows começam às 16h30 no Espaço Cultural Silva Freire em Cuiabá. São nove bandas que se apresentam até o início da madrugada. Diego Carvalho traz seu rock com pitadas de reggae e blues. O som pesa com a banda Café e Cigarro, abrindo caminho para a criatividade da Shaira e o stoner psicodélico do Cinema de Pedra. Militante gay e plus size, Hendson apresenta seu pop questionador. As guitarras assumem destaque no show do The Banana Chips e avançam no metal das bandas  Lord Crossroads e Malevah

O recém-inaugurado Drama Bar recebe pela primeira vez shows em seu espaço multicultural e artístico em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. A noite começa bem regional com as canções de Francisco Guitti, de influências pantaneiras, com assobios, flautas e guitarras dedilhadas. O rock alternativo compõe as influências de Arizona Nunca Mais e Astronauta Elvis. Instrumentos vintage e influência setentista dão a tônica na apresentação d’Os Alquimistas. O duo carioca A Batida que Seu Coração Pulou, selecionado para o Prêmio de Incentivo à Circulação da Música RJ, encerra a noite em Campo Grande.

×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ