Logotipo do Dia da Música

Palco premiado em 2015, o Estação Cultural conta porque está de volta no DDM2016

Santa Barbara d'Oeste já está preparada para receber o Dia da Música e o lugar é fino: a Estação Cultural. que fica na estação ferroviária da cidade no interior de São Paulo. O lugar faz parte de um projeto de revitalização da Fundação Romi e tem programação extensa. Aqui eles contam o que acharam de ter participado do DDM no ano passado, em que foram premiados na lista de "melhores palcos",  e porquê estarão de volta nesse:

Como conheceu o projeto?

Ficamos sabendo do projeto por intermédio do Facebook. A partir daí ao buscarmos mais informações no site oficial, percebemos que se tratava se um evento sério, bem organizado e que proporcionaria uma visibilidade interessante ao nosso espaço. O fato de podermos oferecer aos artistas que produzem a nova música autoral em nosso país, e que estão cada vez mais sem espaço para se apresentar, uma oportunidade de mostrarem seus trabalhos a um grande número de pessoas, foi o fator decisivo para nos inscrevermos, pois alinha-se perfeitamente aos objetivos da Estação Cultural/Fundação Romi.

Como foi participar do Dia da Música?

Foi bastante gratificante pois, pudemos abrir espaço para que oito bandas se apresentassem sendo que uma delas, a Cadillac Bourbon, acabou sendo uma das escolhidas pelo público em votação no site para tocar em um palco no coração de São Paulo. Além disso, tivemos o reconhecimento do público que compareceu e votou através do botão “gostei”, dando à Estação Cultural um dos prêmios oferecidos aos 10 melhores locais participantes do festival Dia da Música em 2015.

O que achou mais bacana?

O mais bacana foi poder participar de um evento inquestionável relevância para o cenário musical brasileiro atual e que visa principalmente o estímulo da produção e a democratização da música autoral no país.

Qual foi a repercussão com público e bandas?

A repercussão foi excelente, bem acima das nossas expectativas. A qualidade das bandas nos deixou impressionados e a expressiva receptividade do público a um evento de música autoral, foi uma grata surpresa.

Qual a importância da existência do Dia da Música?  Como você vê o evento no cenário nacional?

Por ser uma das maiores vitrines da nova música autoral na atualidade, o Dia da Música consolida-se como um importante estímulo ao surgimento de novos talentos,  pois é em eventos como este que aparece o novo, o experimental e o contemporâneo.

No cenário nacional o evento destaca-se como um dos poucos espaços democráticos onde músicos e compositores desconhecidos da grande mídia encontram espaço, parceiros e motivação para seguirem suas carreiras. Vida longa ao “Dia da Música”!

×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ