Logo do Big Dia da Música

A cantora Luiza Lian conta sua experiência no DDM

A cantora Luiza Lian conta sua experiência no DDM

Luiza Lian lançou seu primeiro disco em abril de 2015 e meses depois se apresentava na primeira edição do Dia da Música. Paulistana, a cantora é a vertente feminina do Selo RISCO e se apresentou no palco no Centro Cultural da Penha, que teve curadoria da banda O Terno. Confira como foi para Luiza tocar no DDD:

                                                                                                                                 Foto da cantora no Dia da Música 2015

Como conheceu o projeto/decidiu se inscrever?
Uma produtora do Rio me indicou fazer inscrição para que eu tentasse fazer o lançamento do meu disco lá pelo Dia da Música, até que acabou acontecendo o palco d'O Terno aqui em São Paulo mesmo.

Como foi participar do Dia da Música? O que achou mais bacana? Qual foi a repercussão com público e bandas?
Foi muito legal tocar no Centro Cultural da Penha no palco d'O Terno, junto com o Rafael Castro.  Achei o projeto muito especial por se preocupar em espalhar música pela cidade toda e não se limitar as áreas que costumam ter shows e cultura com mais frequência.


Qual a importância da existência do Dia da Música? Como você vê o evento no cenário nacional?
O Dia da Musica trouxe para a cidade bandas independentes do Brasil todo que veem produzindo trabalhos muito bons, e não fazem parte das programações de Radio, nem da televisão mas tem relevância neste cenário musical atual do Brasil que vem crescendo muito, ainda que a margem das grandes mídias. E, na maneira como foi concebido, representa isso, essa resistência e união da música que está acontecendo no Brasil inteiro, nas mais diversas condições.

×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ