Logotipo do Dia da Música

Mariane Claro

MPB, Samba

São Paulo, SP

Aceita tocar na própria cidade

Integrantes

  • Mariane Claro - Vocal
  • Maurício Biazzi - Baixo
  • João Fidelis - Bateria
  • Bruno Menegatti - Mais de um instrumento
  • Henrique Villas Boas - Mais de um instrumento

Onde já tocou

Sesc Pinheiros, Sesc Vila Mariana, Credicard Hall, Sala São Paulo, Centro Cultural São Paulo, Fundação Maria Luisa, Teatro Bradesco, Teatro Alfa, Teatro da Rotina, Memorial da América Latina, SESI São José dos Campos, SESI Araraquara e Teatro de Contêiner.

Site do artista

Biografia

Nascida em julho de 1984, no município de Santo André (SP), Mariane Claro deu com as primeiras notas musicais ainda muito pequena. Aos 7 anos de idade, não escapou aos sonoros martelinhos de madeira que assoviam dentro de uma caixa de ressonância.

Com as mãos sobre o piano, Mariane foi carregada para dentro de importantes escolas de música localizadas nas cidades de São Paulo, sempre orientada pela professora Marisa Lacorte. Como pianista convidada, participou de concertos com o Grupo de Percussão PIAP, realizados nas redes do SESC, SESI, Instituto de Artes da Unesp e Centro Cultural São Paulo. Suas passagens foram ainda registradas em salas de concerto como as da II Bienal de Música Contemporânea (Cuiabá-MT), do Festival de Campos de Jordão (SP), do 1º. Encontro Percussivo USP 2008 (SP), 30ª. Edição do Prêmio Profissionais do Ano da Rede Globo (SP), Credicard Hall (SP) e da prestigiada Sala São Paulo (SP).

Formou-se no Curso de Bacharelado em Piano da Universidade Estadual de São Paulo (UNESP), sob a orientação do professor doutor André Rangel. Daí dizer que, nas rodas de choro erguidas no interior das repúblicas de estudantes por onde passou, caia de alegria diante de modas de viola e samba. Melhor seria cair de cordas — vocais, desta feita — pois foi já grande que Mariane apercebeu-se, irremediavelmente, cantora.

Emprestou sua delicadeza interpretativa para Dorival Caymmi, no trabalho intitulado “A Bahia de Caymmi”. Uma belíssima e intensa fermata convidou Mariane a olhar para dentro de si, em silêncio. Então, finalmente, deu forma ao show Laço, apresentado ao público pela primeira vez em 2017.
Em meados de 2017 a cantora abriu uma campanha de financiamento coletivo com vistas à materialização de sua trajetória, a amostra física de um sonho, e arrecadou o suficiente para a gravação e prensa do seu primeiro EP. Pra não esquecer, lançado no final de abril, reúne cinco canções compostas por amigos próximos da cantora e pianista, sob direção musical do maestro, arranjador e produtor musical Henrique Villas Boas.

Ver mais

Shows

Ainda não há shows confirmados ou em negociação

Ver mais

Playlist do artista

Pausa

Mareou

Amor Pixelado

Caroço

Destra Esquerda

Maldita

Amarando

Caminho

Só Louco

Drão

1 de 3

Abri a Porta

Laço

Outras músicas: Você Irradia, Desejo

Ver mais
×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ