Logo do Big Dia da Música

Chicas

Alternativa, MPB, Rock

Rio de Janeiro, RJ

Aceita tocar na própria cidade

Integrantes

  • Amora Pêra - Vocal
  • Isadora Medella - Vocal
  • Paula Leal - Vocal
  • Flávia Belchior - Bateria
  • Pedro Rocha - Percussão
  • Vitor Paiva - Baixo
  • Rafael Papel - Guitarra

Onde já tocou

RIo de Janeiro - Rival / Teatro Sérgio Porto / Canecão / Vivo Rio etc.
Fortaleza - Dragão do Mar / Praia de Iracema etc.
São Paulo - Viradão Cultural / Tom Jazz / Sesc Pompeia etc
Curitiba - Caixa Cultural

Site do artista

Biografia

Pode ter sido pela sonoridade das vozes, pelos arranjos ao mesmo tempo simples e elaborados...o fato é que a banda foi ganhando admiradores, que foram virando fãs, que foram se virando adeptos. O primeiro disco surgiu quase como uma exigência. Lançado de forma independente em 2006 e distribuído pela Som Livre a partir de 2007, Quem Vai Comprar Nosso Barulho foi o CD de estreia da banda. O show de lançamento bateu o recorde de bilheteria do teatro Sérgio Porto, no Rio.
O disco deu à banda a indicação para os prêmios Tim e Rival BR. As Chicas venceram o prêmio Tim, em 2007, porque foram o melhor grupo de MPB. Venderam mais de 20.000 cópias do disco e tocaram em mais de 40 cidades. A faixa Geraldinos e Arquibaldos - foi incluída na trilha da novela Duas Caras, da Rede Globo. E os críticos do Jornal O Globo elegeram o show um dos 10 melhores de 2007 – numa lista que tinha ainda Chico Buarque, Bjork, The Police...
Os ídolos, aos poucos, foram se tornando parceiros. Em uma das primeiras edições do programa Som Brasil , da Rede Globo, exibida em junho de 2007, as Chicas foram convidadas de Caetano Veloso. Quatro meses depois, voltaram aos estúdios do programa e fizeram, ao lado de Simone, uma homenagem a Gonzaguinha, pai de Amora. Em Salvador, dividiram o palco com Margareth Menezes, Tony Garrido e Luciana Mello. No Rio, cantaram com Beth Carvalho, João Bosco e Chico César, Lenine....A gravação de um disco ao vivo era uma ideia que há muito tempo passava pela cabeça das Chicas - e um DVD da banda era uma cobrança dos fãs. Desde o lançamento do primeiro disco, as meninas tinham produzido bastante – havia músicas inéditas, arranjos novos para canções já conhecidas e elas tinham sido convidadas parara cantar a trilha de abertura da novela das sete, Caras e Bocas, da Rede Globo. Estava mais do que na hora de gravar o DVD e o Cd ao vivo. Em outubro de 2009, pela gravadora Biscoito Fino Em Tempo de Crise Nasceu a Canção. Tanta coisa aconteceu no universo das Chicas nos últimos oito anos - desde o lançamento do DVD ao vivo que elas até pensaram em mudar de nome. Cogitaram MARMANJAS. Mas, como Paula Leal, Isadora Medella e Amora Pêra sabem; as coisas mudam, mas as Chicas continuam sendo Chicas, mesmo não sendo exatamente as mesmas Chicas. Este terceiro disco das Chicas levou por volta de 5 anos pra se completar e, tal coisa, não seria possível sem a imensa colaboração de seus parceiros e das mais de duzentas pessoas que colaboraram com o financiamento coletivo através da Embolacha. MULTI- DÃO; como dizem as Chicas. “Dia útil” é um disco que vocifera a dor, as dificuldades e o afeto de ser humano, e a potência de existir em coletivo; retrato e desejo do agora, não só do Brasil mas do mundo. Então, assim como diz a letra de "Um dia útil", “se o cara não descansa, ele não canta direito, não leva sustança para o coração do cidadão comum...“; demorou, mas aí estão as Chicas.

Ver mais

Shows

Ainda não há shows confirmados ou em negociação

Ver mais

Playlist do artista

Um dia útil

Cinelândia

Dias de Ui

Devagar

Melô Masô

Ainda

Amor no Amor

Tão de Longe

Sign In

Expanda-se

Outras músicas: Alma não tem cor, Maria da Vila Matilde (Porque Se a da Penha É Brava, Imagine a da Vila Matilde), Desterro, Vamo Cume, Não foi Cabral

Ver mais
×

Baixe o aplicativo do DDM

Com o aplicativo do evento fica mais fácil de acompanhar os shows próximos a você.

Dúvidas/FAQ